Pages

quarta-feira, 10 de abril de 2013

Pós parto ... depois que entreguei o David a Deus!


Fiquei emocionada com essa mensagem, ela estava guardada nos rascunhos.Decidi publica-la, por que é um desabafo fiel de uma mãe que sabe que Deus fez o melhor.



Preciso relatar sim como foi depois que entreguei o David a Deus, tenho que expor minhas experiências, minhas dores, minhas lágrimas, meu sofrer, tudo isso me faz melhorar como pessoa, tudo me ajuda, me dá oxigênio, continuar a jornada mesmo sabendo que é difícil.
Sei que hoje, tô mais fortalecida, estou grávida do meu próximo filho, apesar de ser um saco e super inconveniente, ouvir os comentários do tipo:
"Não boba, agora você tá grávida de um bebê saudável, Graças a Deeeeeeeus, logo, logo, ele tá aí, você vai esquecer...blábláblá...."

Meeeeeeuuuuuuuuuu Deeeeeeeeeus que pessoas são essas que acreditam mesmo, que as pessoas são substituíveis, jamais quero esquecer o David, foi uma experiência que toda a certeza eu gostaria que fosse totalmente diferente, lóoooooooogico.Mas daí esquece - lo, é loucura, é insano.
Tenho dois filhos, um mora comigo, outro moro com o Senhor Deus, quer Pai melhor?
Eu não quero esquecer nunca dele, nem apaga - lo da minha memória, quero deixa - lo vivo dentro de mim, como se ele aqui estivesse.

Bom depois do parto a previsão médica era d eque 6 meses, eu sentiria agudamente as dores da perda do bebê.
Foram intensas não posso mentir, choro muito todos os dias, meu Deus como a ligação de mãe e filho é forte só de começar a recordar, sinto as emoções novamente.
Com certeza todo filho o seu maior medo é de perder os pais, depois do David, não que eu não tenho esse medo mas fica bem menor...

Sem comentários:

Ocorreu um erro neste dispositivo