Pages

quarta-feira, 21 de abril de 2010

De visual novo e felizzzzzzzzzz demaisssssssss.
É o que eu tenho pra dizer, gostaria de deixar um toque, para as pessoas, que sofrem de alguma alteração emocional, procure um médico, vcs vão recomeçar como eu estou recomeçando a VIVER!!!Depois com algum tempo, vou contar com tempo minha experiência, de longos 30 anos sofrendo, minhas angústias e frustrações, culpa e as demais emoções que vem acompanhadas.
Bom eu sei que é muito bom ser feliz!!!
Bjs até mais!!!
Bolo Chiffon de Chocolate (do livro Bom Apetite, da Abril Cultural)
Massa:
  • 50g de chocolate em pó
  • 220g de açúcar
  • 80g farinha de trigo
  • 5 ovos
  • 3/4 xícara de água quente
  • 1/2 xicara de óleo de amendoim (usei de milho)
  • 3 colheres de chá de fermento em pó
  • 1 colher de chá de essencia de baunilha
Cobertura (atenção: o consumo de ovos crus pode ser perigoso, então é recomendado o uso de ovos pasteurizados para esta receita)
  • 260g de açúcar
  • 2 ovos
  • 100g de chocolate em pó
  • 120g de manteiga
  • 3 a 4 cálices de rum
Massa:
Desmanche o chocolate na água quente e deixe esfriar. Bata as gemas com o açúcar até obter um conjunto liso e homogêneo. A seguir, junte a farinha de trigo, o óleo, 2 colheres de chá do fermento, a baunilha e o chocolate desmanchado.
A parte, bata as claras em neve bem firme. Enquanto estiver batendo, acrescente aos poucos o fermento restante. Junte tudo a primeira mistura.
Despeje numa forma desmontável untada e enfarinhada. leve ao forno moderado. Deixe assar, tendo o cuidado de que a massa não queime. Deixe esfriar e desenforme.
Recheio e cobertura:
Bata bem os ovos. Junte o açúcar aos poucos, sem parar de bater. Adicione o chocolate em pó, a manteiga amolecida e o rum, batendo por mais uns minutos até que o conjunto fique bem cremoso e leve.
Corte o bolo em 2 ou 3 discos. Espalhe um pouco de creme no primeiro, arrume por cima outro disco e assim até o último. Por fim cubra o bolo com o resto do creme. Decore com o saco de confeiteiro e enfeite com granulado.


Hummm...dá água na boca

quinta-feira, 8 de abril de 2010

Buscando uma forma de não ser mal interpretada, mas tenho que falar o que penso de tudo isso.
Sei que a dor das vítimas, dos desabamentos no RJ, devem ser respeitadas, agora; qdo os fiscais vão até lá, qdo estão construindo, e dizem, é uma área de risco, todos preferem crer que nada de ruim vai acontecer.Vejam os profissionais analisam e não contam com essas "alterações" da natureza, e mesmo assim e aconselham.Hj estão chorando os conselhos e o que é pior, a morte de seus entes queridos que é o tesouro mais valioso que eles tinham.Isso é o efeito cascata, o culpado, de tudo isso, com certeza não serão os próprios, claro, pq irão achar milhões de defesa para o motivo de tudo isso ter acontecido: governo, falta de oportunidades, discriminação social, não deixam de ser, claro, um fator em potencial, mas meu ouvidinhos, ouçam, por que a defesa civil, diz não e vcs insistiram.Peço que estou muito comovida com tudo que tenho visto, mas fica como exemplo de que não sabemos tudo e que tudo é pode ser possível.
Vejam Deus deixou o limite para o mar não passar, e qdo ele passa, faz um enorme estrago!
Agora é ter coragem e lutar pra recuperar!!!
Até mais, fica aqui meus sentimentos as famílias enlutadas!!!

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Observe a natureza, tudo nela é recomeço.
No lugar da poda surgem os brotos novos.
Com a água, a planta viceja novamente (renasce).
Nada para.
A própria terra se veste diferentemente todas as manhãs.
Isso acontece também conosco.
A ferida cicatriza, as dores desaparecem,
a doença é vencida pela saúde, a calma vem após o nervosismo.
O descanso restitui as forças.
Recomece. Anime-se.
Se preciso, faça tudo novamente.

Assim, é a VIDA!

Mensagem enviada pela Com-Vida.


Então, em breves palavras quero fazer alguns comentários.Nós os brasileiros, temos que criar o hábito de ter pensar e analisar o que é melhor para nós, mesmo que isso custo algo a nós.Pensem, já pagamos absurdos impostos sobre tudo, até aquilo que por Deus nos foi deixado de graça, pagamos, então, façamos uma reflexão de que, nem tudo que nos é oferecido é o que devemos ter.Sei q desde q o mundo é mundo é assim, mas em alguma coisa, podemos ter as nossas opções, como por exemplo, não precisamos assistir a tv aberta, podemos ter um receptor de uma tv, onde vc paga e escolhe o conteúdo, vejam fazem de nós o tempo td de palhaços, e querem nos convencer que somos.AS novelas são um ilusionismo, vejam a personagem Luciana, queridos, quem é cadeirante sabe que é muito sofrido, superação, meus caros, se nós cairmos numa situação dessa, ou se adapta ou vc adapta, não há outra escolha.Daí vem um da mídia e diz, é um exemplo maravilhoso, floreiam bastante e nós concordamos, por favor sejam donos de seus conceitos, dos seus valores, da suas vidas.

Reflitam como vamos levar em diante esse país, pensem em vocês em quem vão votar, quero falar dessa assunto depois, agora vou fazer meu papel de camélia.

Beijos

domingo, 28 de março de 2010

Amanhã falo, eu tô tão perplexa com td q aconteceu nos últimos dias...vou acalmar meus ânimos.

sexta-feira, 19 de março de 2010

Hoje eu tô, oÔ do borogodo, então nem palavras eu tenho, tinha tanto pra falar, tantas coisas, que realmente importam.Estou aqui, ranzinza, em plena sexta-feira.
Vou ficando por aqui, de pós TPM...ninguém merece.

quarta-feira, 17 de março de 2010

Uma jovem esposa estava sentada num sofá num dia quente e úmido,
bebericando chá gelado durante uma visita a sua mãe.
Ao conversarem sobre a vida, o casamento, as responsabilidades da vida,
as obrigações da pessoa adulta, a mãe remexia pensativamente os cubos de gelo
no seu copo e lançou um olhar claro e sóbrio para sua filha.
- Nunca esqueça de suas "Irmãs", aconselhou! Serão mais importantes na
medida em que você envelhecer. Independentemente, do quanto você ame seu

marido e os filhos que porventura venham a ter, você sempre precisará de
"Irmãs".
- Lembre-se de ocasionalmente ir a lugares com elas; faça coisas com
elas;
telefone para elas. Lembre-se que 'Irmãs' significa TODAS as mulheres, suas
amigas, filhas e também todas as suas demais parentes.Você precisará de
outras
mulheres.
- Que estranho conselho! pensou a jovem. Pois, não acabo de me casar?
Não acabo de ingressar no mundo dos casados? Agora sou uma mulher casada,
pelo amor de Deus! Uma adulta! Com certeza meu marido e a família que
iniciaremos
serão tudo que necessito para dar sentido à minha vida! Contudo, ela
obedeceu

à mãe. Manteve contato com suas "Irmãs" e anualmente aumentava o número de
amigas.
Na medida em que os anos se passavam, um após o outro, paulatinamente
ela foi compreendendo que sua mãe, de fato, sabia do que falava.
Na medida em que o tempo e a natureza realizam suas mudanças e
mistérios
sobre uma mulher, "Irmãs" são baluartes de sua vida. Após mais de 50 anos
de existência neste mundo, eis o que aprendi:

*ISTO DIZ TUDO:*

O Tempo passa.
A vida acontece.
A distância separa.
As crianças crescem.
Os empregos vão e vêem.

O amor fica mais frouxo e desaparece.
Os homens não fazem o que deveriam fazer.
O coração se rompe.
Os pais morrem.
Os colegas esquecem os favores.
As carreiras terminam.
MAS.....
As "Irmãs" estão lá, não importa quanto tempo e quantos quilômetros
estão entre vocês. Uma amiga nunca está mais distante do que o alcance de uma
necessidade.
Quando você precisa caminhar naquele vale solitário e precisa fazê-lo só,
as mulheres de sua vida estão na beira do vale, impelindo-a a
prosseguir, rezando por você, torcendo por você, intervindo em seu favor,

e esperando-a de braços abertos no final do vale.
Às vezes romperão até as regras e caminharão ao seu lado... Ou entrarão
para carregá-la para fora.
Amigas, filhas, netas, noras, irmãs, cunhadas, mães, avós, tias, sobrinhas,
primas, e a família extensa, todos abençoam nossa vida!
O mundo não seria o mesmo sem mulheres, nem tampouco eu.
Quando iniciamos esta aventura chamada condição feminina, não sabíamos
das incríveis alegrias ou tristezas que estavam adiante.
Nem sabíamos o quanto precisaríamos umas das outras.
A cada dia que passa mais precisamos de nós mesmas!

Mensagem enviada por Arlene Rodrigues


Então, mensagem muito linda, certo?


Ah!!!Quero comentar sobre a tv aberta, é uma titica, vc vê o que eles querem,; tudoooo de quinta.

Vejam só o tal BBB10, a Tessália disse que o programa, era um lixo, mas cá pra nós, realmente, tenho que concordar com ela, aff, gente, não dá né???

Televisão brasileira e políticos...

Alguém por favor vê se meu nariz é vermelho?

segunda-feira, 15 de março de 2010

Bolo, bolo....hum


Receita de Bolo Formigueiro (O legítimo)

Bolo Formigueiro (O legítimo)

Ingredientes da massa:

3 ovos
4 colheres (de sopa) de margarina sem sal Doriana
1 xícara de coco ralado
1 vidro de leite de coco
3 xícaras de açúcar refinado União
4 xícaras de farinha de trigo especial
1 copo de leite integral
1 colher (de sopa) de fermento em pó químico
1 xícara de chocolate granulado preto
Chocolate granulado preto para enfeitar

Ingredientes da cobertura:

5 colhers (de sopa) de açúcar refinado União.
5 colheres (de sopa) de leite integral
3 colheres (de sopa) de chocolate em pó.
1 colher (de sopa) de margarina sem sal Doriana.

Modo de preparo da massa:

Bater muito bem os ovos com o açúcar e a margarina. Acrescentar os demais ingredientes aos poucos.
Coloque a massa em assadeira (27cmx39cm) untada com óleo e farinha de trigo.
Assar por 35 minutos ou até que espetando um palito na massa; este saia seco.

Modo de preparo da cobertura:

Engrosse todos os ingredientes em fogo baixo e empregue.

Dicas:

Empregue a cobertura no bolo já assado e ainda morno.
Enfeite a cobertura já empregada no bolo com chocolate granulado preto ou com raspas de chocolate em barra.
Na cobertura você poderá utilizar achocolatado em pó Nescau.
É um bolo macio e se sobrar para o dia seguinte estará um pouco úmido e mais delicioso

Vale a pena ler!!!

O mundo inteiro está cheio de pessoas.
Há pessoas caladas
que precisam de alguém para conversar.
Há pessoas tristes
que precisam de alguém que as conforte.
Há pessoas tímidas
que precisam de alguém que as ajude vencer a timidez.
Há pessoas sozinhas
que precisam de alguém para brincar.
Há pessoas com medo
que precisam de alguém para lhes dar a mão.
Há pessoas fortes
que precisam de alguém que as faça pensar
na melhor maneira de usarem a sua força.
Há pessoas habilidosas
que precisam de alguém para ajudar a descobrir
a melhor maneira de usarem a sua habilidade.
Há pessoas que julgam
que não sabem fazer nada e precisam de alguém
que as ajude a descobrir o quanto sabem fazer.
Há pessoas apressadas
que precisam de alguém para lhes mostrar
tudo o que não tem tempo para ver.
Há pessoas impulsivas
que precisam de alguém que as ajude a não magoar os outros.
Há pessoas que se sentem de fora
e precisam de alguém que lhes mostre o caminho de entrada.
Há pessoas que dizem que não servem para nada
e precisam de alguém que as ajude a descobrir como são importantes.

Mensagem enviada por Letícia

domingo, 14 de março de 2010

Stress

OS DOZE MANDAMENTOS CONTRA O STRESS

I - Os desejos são ilimitados, o seu tempo não.
Defina metas, prioridades da sua vida. Faça periodicamente uma revisão de seus objetivos.
.

II - Você é responsável e senhor da própria qualidade de vida.
Defenda seus direitos. Aprenda a ser eficaz e a ter ritmo: trabalho / lazer, alimentação / jejum, ação / repouso, inspiração / expiração. A qualidade de vida é uma planta que necessita ser regada sempre.
.

III - Você é um só.
Você só tem um coração. Portanto, faça uma coisa de cada vez. Tenha atividades e relações relaxantes, que não tragam a necessidade contínua de competir ou correr atrás o tempo todo.
.

IV - Cuide do seu corpo.
Escolha alimentos saudáveis, evitando agressões do tipo fumo, droga, excesso de bebida e comida. Reduza a ingestão de café. Beba oito copos de água, no mínimo, por dia. Mantenha seus intestinos bem funcionantes.
Faça atividades físicas, no mínimo três vezes por semana, compatíveis com seu temperamento e condições físicas. Mantenha seu peso corporal em um nível satisfatório para você.
Ponha os pés descalços na terra por um mínimo de 20 minutos, em um lugar de muito verde, uma vez por semana, para descarregar. Faça um chek-up anualmente. Tenha um médico de confiança.
.

V - Cuide de sua mente.
Seja seletivo com o que lê e vê. Reduza o hábito de assistir televisão. Exercite sua criatividade com música e artes em geral. Faça coisas que nunca fez, indo a lugares que nunca foi. Quebre rotinas e experimente o novo.
.

VI - Que a sua casa seja um lar.
Um lugar acolhedor que o receba ao final de um dia cansativo, oferecendo-lhe conforto, calor à sua alma, repouso e amorosidade. Que seja um ninho para refazer as suas forças. Cuidado: não gaste todas as suas energias para ter uma casa e todos os bens de consumo do mundo moderno. Pode não lhe sobrar nem um minuto para usufruí-la.
Tornar uma casa um lar é um aprendizado contra o stress.

VII - Descubra quem é você.
Qual é seu temperamento, quais são suas crenças? Seja coerente com elas. Defenda seu bem-estar. Cultive um respeito saudável por sua individualidade e privacidade.

VIII - Não seja onipotente.
Aprenda com os outros, procure ajuda necessária com amigos, médicos, terapeutas. Ouça e veja, para depois identificar quem são os aliados necessários e aqueles que deve evitar.
Não avalie pessoas e situações com preconceito. Às vezes, a resposta de uma situação difícil e estressante está numa atitude ou pensamento inédito.

IX - Conheça e respeite o outro.
Ouça com atenção, buscando compreender o que o outro quer dizer. Ao verbalizar, certifique-se de estar sendo claro e compreensivo com o outro. O outro não é melhor nem pior que você. Ele é diferente, o que torna necessário o esforço de entendimento de ambos os pontos de vista.
Aceitar e usufruir as diferenças é sabedoria.

X - Amor, intimidade e sexualidade.
Relações compulsivas, superficiais, narcisistas são como fast-food: costumam ser atraentes, mas não são nutritivas e podem custar muito caro a médio prazo. Cuide para desenvolver intimidade com pessoas com as quais sinta afinidade.
Cultive a espontaneidade, sinceridade, amizade, alegria e prazer nas trocas afetivas. Deixe o sentimento fluir: "O amor faz bem ao coração".

XI - Centre-se e equilibri-se.
Todos os dias encontre em tempo para esvaziar-se e estar consigo mesmo (pelo menos um banho prolongado e tranqüilo). Use técnicas auxiliares como meditação, respiração e massagens para relaxamento.
Não seja escravo nem de si mesmo. Tenha férias! Contra o stress, o período mínimo de férias é de 21 dias consecutivos. Tenha férias compatíveis com suas condições físicas, psíquicas e financeiras. Lembre-se: programas com muitos estímulos são prazeirosos para quem está vitalizado. Não leve em sua bagagem de férias seu chefe, sua firma, companhias desgastantes, seu computador e outras malas sem alça.

XII - Tenha fé.
Uma situação, qualquer que seja, nunca é apenas boa ou ruim. Haverá sempre custos e benefícios. Quanto mais luz, mais sombra. Nunca se esqueça de que tudo é temporário. é muito importante preservar-se para a próxima etapa.
Você é único, o que te faz valioso. Confie em você mesmo e na ajuda cósmica.


Jornal Estado de Minas
Acely Gonçalves

domingo, 21 de fevereiro de 2010

Cuca de Santa Catarina...uau...

Ingredientes:
• 1/2 medida açúcar
• 1/2 colher margarina
• 1/2 colher de banha
• 1 colher fermento
• 1 pitada de sal
• 1/2 medida água e leite
morno. Amassar com trigo


Para farofa:

• 1 colher de açúcar
• 1 medida de trigo
• 1 colher banha
• 1/2 colher de margarina
• canela à gosto

Vamos lá:
Misture o sal, o fermento, a banha, o açúcar, a água e o leite morno e no final o trigo.
A massa deve ficar com uma consistência mole. Derrame a massa em uma forma untada e deixe
crescer por 1 hora. Misture todos os ingredientes da farofa, cuidando para que fique bem soltinha.
Depois coloque a farofa por cima da massa e leve ao forno já quente. Amooooooooooo:)

Façam vcs vão adorar.
Ocorreu um erro neste dispositivo